Pesquisar

Historial

MÚSICA

 


MÚSICA
de Frank Wedekind

22 de Setembro a 9 de Outubro 2016
Teatro do Bairro Alto

Quarta a Sábado às 20h30. Domingo às 16h

 

Encenação Luis Miguel Cintra

Cenário e figurinos Cristina Reis

Interpretação Dinis Gomes, Duarte Guimarães, Guilherme Gomes, João Reixa, Luísa Cruz, Nídia Roque, Rita Cabaço e Sofia Marques.

 

Co-produção Teatro da Cornucópia e São Luiz Teatro Municipal 

BILHETEIRA ON LINE

 

Estudo de costumes em 4 quadros

Em Música, escrita em 1906, Wedekind, escritor, actor, cantor, anarquista, alcoólico, artista de cabaret, autor de Lulu e d' O Despertar da Primavera, escreve o que ele próprio julgava ser um dos seus textos mais violentos de crítica social, apesar da sua aparência cómica, ou pelo menos caricatural. A peça trata sobretudo da lei da penalização do aborto com cinco anos de " prisão, lei feita por homens que prendem moral e fisicamente a mulher e para quem as entranhas da mulher são campo aberto para o espírito de iniciativa do sexo masculino.

Passa-se em Munique e é escrita a partir de uma história verdadeira, a de um professor de música que engravidou a sua aluna de canto Klara e a levou a abortar. O tema é tratado da forma mais cruel. Por isso a peça foi sempre muito perseguida pela censura. Como agora sabemos, o problema não é só um problema jurídico, e como se deduz de outro texto da mesma época, A Censura, contra a qual Wedekind lutou toda a vida, e que põe em cena um escritor e um representante das autoridades eclesiásticas e de que o espectáculo também aproveitará trechos. Para já é para nós um espectáculo sobre a reinante e assassina hipocrisia.

Luis Miguel Cintra




Política de privacidade